O SACRAMENTO DA UNÇÃO DOS ENFERMOS

O RITO DA UNÇÃO E SUA PRÁTICA PASTORAL

Autores

  • Everton Bruno Bento FACULDADE PALOTINA
  • Mussa Maria Cossa Fapas

Palavras-chave:

Unção dos Enfermos, Prática Pastoral, Ritual

Resumo

Num contexto global em que a preocupação pela saúde sanitária de todo o mundo, especialmente pelos moribundos afetados pela pandemia do SARS-CoV-2, é obrigação de todos os cristãos considerar a Unção dos Enfermos algo mais que um mero rito privado, administrado a indivíduos em particular e irrelevante para toda a sociedade. Por este motivo, o presente artigo visa fazer uma exposição da prática pastoral da Unção dos Enfermos com objetivo de esclarecer na base da doutrina da Igreja quem são os ministros, a quem deve ser administrado, quais são os requisitos e recomendações a serem observados para uma boa celebração do sacramento da Unção dos Enfermos.

Referências

BOROBIO, Dionisio. Pastoral dos Sacramentos. Petrópolis: Vozes, 2000.

CAMPELO, Cristiano Roberto. Unção dos Enfermos. São Paulo: Biscalchin Editor, 2014.

CONFERÊNCIA EPISCOPAL PORTUGUESA. Ritual Romano e Unção e Pastoral dos Doentes. 2 Ed. Disponível em: https://www.liturgia.pt/rituais/Enfermos.pdf. Acesso em: 15 abr. 2021.

CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL. Sacramentário. 14 ed. Petrópolis: Vozes, 1999.

______. Pastoral da Unção dos enfermos: Brasília: Edições CNBB, 1979 (Documentos da CNBB, 14).

DOCUMENTOS DO CONCÍLIO VATICANO II. 7 ed. São Paulo: Paulus, 2014.

FLÓREZ, Gonzalo. Penitencia y Uncíon de Enfermos. Madrid: Biblioteca de Autores Cristianos, 1993.

ORTEMANN, Claude. A força dos que sofrem: a história e dignificação do sacramento dos enfermos. São Paulo: Paulinas, 1978.

ROSATO, Philip J. Introdução à Teologia dos Sacramentos. São Paulo: Edições Loyola, 1999.

Downloads

Publicado

2021-12-15

Como Citar

BENTO, E. B.; COSSA, M. M. . O SACRAMENTO DA UNÇÃO DOS ENFERMOS: O RITO DA UNÇÃO E SUA PRÁTICA PASTORAL. Frontistés - Revista Eletrônica de Filosofia e Teologia, [S. l.], v. 14, n. 26, 2021. Disponível em: http://revistas.fapas.edu.br/index.php/frontistes/article/view/39. Acesso em: 18 jan. 2022.