Histórico

A Revista Eletrônica Frontistés foi instituída pela Direção Geral da Faculdade Palotina, no ano de 2006, como Revista Científica do Diretório Acadêmico do Curso de Filosofia – DAFP- FILOSOFIA – para a divulgação semestral de artigos dos discentes da Instituição e de outras Instituições de Ensino Superior (Resolução nº10/2006).

Entretanto, a iniciativa de fundar uma Revista Eletrônica sob o nome de Frontistés (Adj. s.m. gr. pensador) nasceu ainda na segunda metade do ano de 2005, quando os estudantes de Filosofia da FAPAS, por intermédio do seu Diretório Acadêmico – DAFP-FILOSOFIA –, formularam a proposta e a encaminharam à Coordenação do Curso, que oficializou o pedido (Of.24/2005) à Direção Geral. O intuito da proposta era fundar uma Revista Eletrônica para divulgar os resultados de pesquisas realizadas no âmbito acadêmico. Em resposta, o Diretor Geral designou quatro professores para constituírem o Conselho Consultivo da Revista Eletrônica, com a finalidade de definirem os procedimentos de tramitação dos trabalhos (Portaria 33/2005). Na mesma resposta, designou quatro discentes do Curso de Filosofia para constituírem a Comissão Editorial (Portaria 34/2005).

Desde então, o Conselho Consultivo e a Comissão Editorial trabalharam na apresentação de uma proposta de criação de sistema para uma Revista Eletrônica (Site), elaboração de normas, indicação de professores para integrarem o Conselho Consultivo (Colaboradores e Pareceristas), divulgação da Revista, promoção e incentivo à produção científica a nível acadêmico.

No ano de 2006, o Diretor Geral designou uma nova Comissão Editorial (Portaria 17/2006 e Portaria 69/2006) e um novo Conselho Consultivo (Portaria 70/2006) para dar continuidade aos trâmites dos trabalhos da Revista. No entanto, simultaneamente a esse processo de normatização da Revista, o Curso de Filosofia da FAPAS também passou por um processo de reformulação curricular e reelaboração do Projeto Político Pedagógico, para fins de Reconhecimento do Curso. A Comissão de Verificação in loco, designada pelo MEC, recomendou o reconhecimento do Curso de Filosofia em visita realizada no período de 15 a 17 de maio de 2006.

Ademais, tendo em vista a necessidade de reformulação do Regimento da Instituição e elaboração de um novo Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI, a Comissão Editorial e o Conselho Consultivo da Revista Frontistés procuraram respeitar os trâmites deste processo para que o Regimento da Revista pudesse estar em sintonia com as novas diretrizes institucionais. No dia 28 de novembro de 2006, a Direção Geral da FAPAS, no uso de suas atribuições legais e regimentais, resolveu instituir a Revista Eletrônica Frontistés como Revista Científica do Diretório Acadêmico do Curso de Filosofia – DAFP- FILOSOFIA (Resolução nº10/2006).

Finalmente, no início do ano de 2007, os membros da Comissão Editorial e do Conselho Consultivo da Revista Eletrônica Frontistés desenvolveram uma campanha de elaboração de artigos na comunidade acadêmica da FAPAS com a finalidade de divulgar na Revista Frontistés os resultados das pesquisas de iniciação científica e monografias. Esse processo, transcorrido ao longo do primeiro semestre de 2007, resultou na primeira edição, lançada em junho/2007, podendo ser acessada no Site www.fapas.edu.br/frontistes.

A Revista Frontistés manteve-se, fundamentalmente, com as características descritas acima até julho de 2020. Pela Portaria 40/2020, de 13 de agosto de 2020, a Direção Geral da Faculdade nomeou a Comissão de Reestruturação das Revistas da Instituição, composta pelos professores Sergio Lasta (presidente), Geonice Zago Tonini Hauschildt, Janaína da Silva Marinho, Jerônimo José Brixner e Mercio José Cauduro, para realizar um processo de revisão e reestruturação das revistas da IES. Como parte deste processo surgiu a ideia de tornar a Revista Frontistés uma revista não só de Filosofia, mas também de Teologia. As razões fundamentais para esta proposta de mudança foram: o histórico da IES em manter relação de cooperação entre os Cursos de Filosofia e Teologia; a relação de mútuo enriquecimento, no devido respeito à especificidade e autonomia de cada área, que existe, já de longa data, entre os Cursos de Filosofia e Teologia e que reflete a perspectiva e compreensão da IES nesta matéria; a otimização das energias para manter e melhorar o nível do conteúdo dos artigos publicados na revista.

Esta proposta de junção foi levada aos Diretórios Acadêmicos dos Cursos de Filosofia e de Teologia, foram apresentadas as razões fundamentais acima aduzidas para tal junção e a mesma foi aceita pelos respectivos órgãos discentes.

Com o parecer favorável do Diretório Acadêmico de ambos os Cursos, houve a junção das Revistas eletrônicas Frontistés do Curso de Filosofia e Theologia do Curso de Teologia. Desta junção nasceu uma nova revista eletrônica, mantendo, porém, o nome Frontistés. Contudo, para contemplar a sua nova configuração, a Frontistés passa a ser uma Revista de Filosofia e Teologia. Este processo foi regulamentado pela Direção Geral da IES pela Resolução 03/2020, a qual atualiza a Frontistés como Revista Eletrônica de Filosofia e Teologia dos Cursos de Filosofia e Teologia da Faculdade Palotina.

 A partir desta nova etapa de sua história, a Revista Frontistés passa a divulgar artigos de: Acadêmicos de graduação da Instituição; Acadêmicos de graduação de outras Instituições de Ensino Superior; Acadêmicos de pós-graduação da FAPAS e de outras Instituições de Ensino Superior. O acadêmico poderá publicar o seu artigo tendo ou não como coautor um professor (Resolução 03/2020, art. 1º).

A Revista Frontistés tem como Missão divulgar conteúdos oriundos das pesquisas dos acadêmicos de graduação e pós-graduação dos Cursos de Filosofia e Teologia da Faculdade Palotina e de outras Instituições de Ensino Superior, com ou sem a coautoria de um professor, objetivando contribuir no debate e no aprofundamento das temáticas próprias à natureza dos referidos Cursos e, assim, constituir-se num instrumento que possibilita a qualificação acadêmica dos estudantes e dos pesquisadores da área, bem como ser um veículo de diálogo com a sociedade (Resolução 03/2020, art. 2º).

A Revista Frontistés está especialmente destinada à publicação de artigos procedentes de: Pesquisas realizadas nas disciplinas dos Cursos de Filosofia e Teologia; Trabalhos científicos apresentados em Semanas de Estudo, Semanas Acadêmicas, Congressos, Seminários, Simpósios ou outros eventos afins à natureza dos Cursos de Filosofia e Teologia; Projetos de Iniciação Científica; Grupos de Estudo; Projetos de Extensão; Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) (Resolução 03/2020, art. 3º).

A Revista Frontistés permanece uma publicação semestral, em formato on-line, disponível no Portal de Periódicos Científicos da FAPAS. E a condução das rotinas e processo de manutenção da revista foram organizados a partir das seguintes funções: Editor Executivo; Editor Técnico; Comissão Editorial e Comissão Científica (Resolução 03/2020, art. 5º).